0

A Apametal, sediada em Sintra, é uma empresa familiar dedicada à implementação e gestão de programas de imagem corporativa. Com mais de 40 anos de atividade, viu-se, em plena crise pandémica, “obrigada” a alterar o modo de funciona- mento, tendo-se dedicado à produção industrial na área da saúde, através do projeto Apacare. Em entrevista, o administrador da empresa, Adriano Lourenço, explica como se processou a adaptação da empresa à nova realidade, com a prioridade imposta na apresentação de novos produtos de proteção individual imprescindíveis para garantir a saúde e a segurança de todos.

A Apametal é uma empresa com mais de 40 anos. Como surgiu a sua fundação e quais foram, à época, os maiores motores da sua criação?

R: A Apametal iniciou a sua atividade 1978, como uma empresa familiar, direcionada para a implementação e gestão de grandes programas de imagem corporativa. Temos ao longo dos anos diversificado o nosso sector de atividade para aumentar a oferta de produtos para os nossos clientes. Queremos ser uma empresa “all in one” na oferta desses mesmos produtos.

A Apametal nasceu da necessidade que havia no mercado de soluções únicas de comunicação corporativa, movida pela inovação e compromisso com os clientes.

Assumimos hoje uma posição de referência única no mercado, onde nos destacamos pela qualidade do nosso produto, serviço personalizado e preços competitivos, onde o cumprimento do prazo assume um ponto de honra da nossa filosofia empresarial.

Estamos sempre à procura de novas soluções de comunicação, nomeadamente através dos painéis digitais.

Conseguimos aumentar a oferta e fechar o circuito de ferramentas de comunicação para os nossos clientes e prestar um bom serviço a quem nos procura.

Direcionada para a implementação de programas de imagem corporativa, quais os principais serviços prestados pela empresa?

R: Constituído por várias empresas adaptamo-nos continuamente ao mercado, desenvolvendo competências em várias áreas de negócio.

A Apametal está direcionada para a implementação e gestão de grandes programas de imagem corporativa e é pioneira no investimento em maquinaria e software de última geração, estando apta para realizar projetos de elevada complexidade nos mais variados setores. Dispomos de serviços de corte, gravação e fresagem em acrílico, alumínio e impressão digital.

Distinguimo-nos por dispormos de equipas especializadas na montagem e instalação prontas a dar resposta aos nossos clientes por todo o país.

Qual é o público-alvo a que se dirigem? (trabalham com clientes portugueses e estrangeiros?)

R: A Apametal, estando virada e sendo requisitada para todos os sectores de atividade, desde a Banca, Seguros, Distribuição, Telecomunicações, Hotelaria, entre outros, entendeu que para garantir um serviço de qualidade total, teremos de estar em permanente evolução garantindo desta forma o sucesso, tanto das grandes marcas que nos procuram, como de empresas mais pequenas que surgem por todo o país. Trabalhamos para um cliente exigente.
Atuamos maioritariamente no mercado nacional, mas temos participado, ao longo dos anos, em projetos especiais nos PALOP e em vários países europeus.

O Grupometal é composto por cerca de 180 profissionais equipados com sofisticados meios técnicos. De que áreas de formação se tratam estes colabora- dores? Como se desenvolve a formação interna da equipa?

R: O Grupometal é socialmente responsável. Garantimos as melhores condições aos nossos trabalhadores, contribuindo para a sua realização profissional, social e bem-estar. Apostamos na formação contínua dos nossos profissionais que atuam nas mais diferentes áreas técnicas, desde a área comercial, ao design, à engenharia, serralharia, carpintaria, corte a laser para a indústria, fresagens, acrílicos, injeção de plástico/3D, impressão digital, eletricidade, gestão de painéis digitais, informática, montagens, etc.

Aliando os nossos profissionais especializados e experientes a processos de produção de última geração, garanti- mos equipamentos de grande qualidade, diferenciadores e únicos no mercado.

A formação é assegurada por entidades externas, certificadas nas diferentes áreas de formação e poderão ser realizadas nas nossas instalações ou nas instalações da entidade formadora.
Recentemente, o Sistema de Gestão de Qualidade sofreu alterações, com a passagem da ISO 9001:2008

para a ISO 9001:2015. Quando é que a empresa aderiu ao SGQ e como tem a Apametal apostado nesta nova norma?

R: A entrada em vigor do certificado do BVQI foi 8 de outubro de 2018.
A alteração para a nova norma permitiu-nos apostar cada vez mais na qualidade e exigência do nosso trabalho, reforçar a nossa capacidade de organização de forma a darmos uma melhor resposta aos nossos clientes.

De que forma sente que a ISO 9001:2015 se tem refletido como uma mais-valia para a empresa? Que balanço é feito até agora?

R: Bastante positivo. Permite-nos trabalhar de forma mais eficiente, antecipar os riscos, aproveitar as oportunidades, perceber melhor o contexto em que a empresa está inserida e construir estratégias de atuação sustentáveis.

Como forma de adaptação à realidade pandémica que atravessamos foi lançada a marca APACARE by Apametal- Inovação Produtiva Covid-19. Como surgiu esta marca? Que balanço é feito desde a sua criação até ao momento atual?

R: A Apacare, um projecto by Apametal pretende impulsionar a produção industrial do Grupometal na área da saúde, com a apresentação de novos produtos de proteção individual imprescindíveis para garantir a saúde e a segurança de todos.

A Apacare surgiu da necessidade de dar uma resposta rápida a uma crise humanitária sem precedentes. Fomos das primeiras empresas em Portugal a obter a autorização de produção por parte da ASAE, o que nos permitiu ganhar uma vantagem competitiva no mercado.

No início da crise pandémica, em Março de 2020, a empresa produziu milhares de viseiras e óculos de proteção que foram doados a hospitais, unidades de saúde, PSP, lares de idosos e bombeiros, por todo o país.

Fazemos um balanço positivo, porque nos foi possível aumentar o volume de negócio, aumentar as exportações por via da Certificação CE dos produtos. Deu-nos a satisfação de participarmos ativamente na melhoria das condições de trabalho dos nossos profissionais de saúde, segurança e socorro, e contribuir para diminuir a dependência que Portugal tem em adquirir este tipo de equipamento a países estrangeiros.

Ainda no seguimento de medidas preventivas relativamente à Covid-19, que outras medidas e/ou cuidados têm sido adotados pela Apametal? O surgimento da loja online reflete-se como uma dessas medidas?

R: Temos implementado medidas de segurança muito rigorosas nas nossas instalações e ações de consciencialização junto dos nossos colabora- dores, aos quais disponibilizamos álcool gel, viseiras de proteção individual e máscaras. Reorganizámos alguns espaços de trabalho para garantir as distâncias de segurança, entre eles, alterámos a estrutura e dinâmica no funcionamento do refeitório, com divisórias em acrílico, doseadores de álcool gel, sinalética direcional e turnos para garantir a segurança de todos.

O surgimento da loja online da Apametal, para além de surgir em consequência da Covid-19, tornou-se também numa oportunidade de chegarmos a outro público, a particulares e pequenas empresas e aumentarmos a nossa visibilidade no mundo digital. A aceitação foi notável e a procura muito diversificada.

O modo de funcionamento da empresa, quer internamente, quer ao nível dos clientes, sofreu alterações? Se sim, em que contexto se intensificam essas mudanças?

R: Sofreu algumas alterações meramente preventivas. Tivemos alguns colaboradores temporariamente em teletrabalho e de forma rotativa, algumas reuniões com clientes via Zoom ou Skype, o que não alterou em nada a nossa dinâmica e capacidade de resposta.

Futuramente, qual a perspetiva em relação ao mercado de atuação da Apametal? Que projetos estão a ser pensados, quer a nível nacional, quer a nível internacional?

R: A aposta de futuro passa por reforçar a exportação e consolidar os negócios do grupo na conquista de mais mercados mundiais.

2020 ficou marcado pela construção de um novo Polo Tecnológico no Condomínio da Apametal que reforça o posicionamento da administração do Grupometal, no incentivo a novos negócios e criação de mais emprego no concelho de Sintra.


A Apatronics é uma das mais recentes marcas do Grupometal e nasceu de olhos postos no futuro. Vem marcar um novo posicionamento na área da comunicação digital, que, tendo como apoio base as restantes empresas do Grupo, pretende reforçar os negócios dos seus parceiros e clientes, nacionais e internacionais, com diversas soluções inovadoras de tecnologia LED, capazes de influenciar o comportamento dos consumidores.

Contamos com um dos maiores Showrooms da Europa, onde poderão visitar toda a nossa oferta tecnológica, nos mais variados formatos de ecrãs LED, LCD, Touchscreens e Transparentes.

A DRP – Digital Rent Point é uma empresa recente do Grupometal, destinada à exploração de publicidade dinâmica e aluguer operacional de Painéis Led Full Color, em locais estratégicos e de grande visibilidade.

POLIVITRIUM

Previous article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *