0

A Ei!, empresa especializada em assessoria migrató- ria, surgiu em 2014 através da necessidade de Gil- da Pereira, emigrada em Angola, de ter apoio nas questões logísticas em Portugal. “Quando estava em Angola, precisava de alguém em Portugal que fosse ver o meu correio, que fizesse os meus paga- mentos e que fosse o meu representante fiscal para receber as notificações das finanças”, afirma Gilda Pereira. Na altura, procurou várias soluções, mas sem efeito. Com a crise a desvanecer-se, Gilda re- gressou a Portugal e decidiu criar a Ei!, a primeira agência migratória nacional. “Pensei que fosse um negócio interessante, único e diferente.” Conscien- te de que os fluxos migratórios são cíclicos, procu- rou atribuir um nome ao projeto que se adapta-se a essas mudanças. E, assim, nasceu a Ei!, que tanto apoia emigrantes como imigrantes.

Nos últimos cinco anos a operar em Lisboa, Porto e São Miguel, a Ei! apresenta as mais variadas so- luções. Aos imigrantes, que vêm para Portugal à procura de uma nova vida, a Ei! disponibiliza os se- guintes serviços: abertura de conta bancária, acon- selhamento de vistos, procura de casa, informações sobre documentos e transportes, e inscrição no ser- viço nacional de nacional e em escolas. No que diz respeito aos emigrantes, a Ei! oferece, entre outros serviços, a procura de casa, a obtenção do cartão europeu de saúde e a representação nas reuniões de condomínio.

Gilda Pereira

SOMOS PIONEIROS NA ASSESSORIA MIGRATÓRIA NACIONAL

Também a parceira com a Packman, referida na página anterior, tem aumentado o sucesso da Ei!. Esta join venture pretende oferecer aos clientes um maior apoio nas questões fiscais.

Nunca me tinha ocorrido fazer aquilo que fazemos hoje. Quando o cliente faz o briefing da parte fiscal, entregamos um papel com as condições fiscais e com o contacto da Packman. É bom a todos os níveis.

De acordo com Gilda, a grande característica da Ei! é o know how. “Eu não acredito que exista em Portugal uma entidade privada que perceba tanto de processos migratórios como nós. Somos reconheci- dos como os pioneiros na assessoria migratória nacional. Para além do ‘saber fazer’, Gilda destaca que a confiança é também a receita para o sucesso da empresa. “No outro dia, um cliente disse-nos que fez três entrevistas por skype com várias empresas de assessoria migratória, mas que fomos nós que imprimimos um maior grau de confiança. Somos pioneiros.

A Ei! está a apostar no crescimento para o futuro. É já em setembro que vão começar as formações sobre fiscalidade às empresas que recrutam mão de obra estrangeira. Segundo Gilda, o futuro tem que ser encarado com a consciência de que há, constantemente, alterações migratórias. “Sabemos que a migração e a economia funcionam por ciclos. Estamos otimistas, mas como os pés assentes no terra.”

Turma do Andaime: Para Termos Valor Temos que Mostrar Qualidade

Previous article

BSP Advogados: A Luta contra a Desumanização da Advocacia

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *